Yazidis lutam contra “Estereótipo de Satanistas” no Iraque

Ocultismo e Caminho da Mão Esquerda

YEZIDI MONK BABA CHAWISH POSES IN FRONT OF ENTRANCE TO THE LALISH TEMPLE.Monge Baba Chawisk posando na frente do Templo Lalish, Norte do Iraque

Dahuk, Iraque – Quando Nietzsche escreveu “Assim falou Zaratustra” em 1885, ele teve que matar Deus para quebrar a dicotomia entre “bem e mal”. No Kurdistão, não houve necessidade disso, praticantes do Yazidismo, a religião monoteísta mais antiga, já sabiam disso.

Ver o post original 874 mais palavras

Entropia e Pós-Modernidade: o mundo em que vivemos.

Filosofonet

Por Michel Aires de Souza

Que época terrível esta, onde idiotas dirigem cegos.”  William Shakespeare

Pollock

      Há um princípio da termodinâmica, a entropia,  que postula uma tendência para a desorganização das moléculas em um dado sistema. Quanto maior a temperatura, maior é a desorganização das partículas. Quanto maior a desorganização das partículas, maior é a entropia. Contudo, o nosso objetivo aqui não é especular sobre a termodinâmica.  O que buscamos refletir é sobre a experiência pós-moderna. Nesse sentido, o conceito de entropia serve-nos para pensarmos essa  experiência de luta e contradição, desintegração e mudança,  vazia de sentido e finalidade. O que podemos notar em nossa atualidade é uma tendência universal em todas as esferas da vida social para a disfunção,  para a anomia. Os vários sistema sociais como a política, a economia, a cultura, o meio ambiente, a família passam por um processo de ordem para…

Ver o post original 1.906 mais palavras

The Qliphoth – Thaumiel

Temple of the Adversarial Spirit

Thaumiel is the opposite of Kether which is represents Unification with God. Thaumiel represents Duality or Separation Away From God. Essentially this means that Thaumiel is Individuality and a very honest acknowledgement of the Self which is not weak but rather has the potential to be something strong if Will is properly utilized and directed. There is however a necessity for balance of the two except that Kether isn’t suggesting the actual unification with God as so many people of religion, such as devout church going Christians, as much as the unification with the God/dess within, the Divine Spark if you will.

In The Collected Jewels of Satanism, Nargargole addresses the need of knowing one’s self to experience union with God[1]. For anyone to reach their full potential they must first understand themselves which is never, or at least almost never, something that can be done over night as the Self is like a maze that…

Ver o post original 1.295 mais palavras

Arachnida as Totem and Overcoming Irrational Fear

The Luciferian Revolution

I wasn’t intending to write another post so soon, but with it being the anniversary of the blog the other day I felt motivated to write  another entry on a topic i’ve wanted to cover for awhile.

Spiders have always fascinated me. From a young age, I can remember being simultaneously fascinated and terrified by these eight legged creatures. As a self professed arachnophobe, I struggled like many others with my crippling  fear over the appearance of these creatures.

In one terrifying instance I can remember, clearly, was when one day I put on an item as a child, without checking it. I was rewarded with several, not one, but several of the creatures crawling all over my skin, in a desperate attempt to escape from what I can only assume was a life or death situation for them. The experience of their legs crawling across my skin had me literally…

Ver o post original 1.851 mais palavras

A Teoria do Tarot Sinistro

From long year this insight was reserved for somebody special in time and this time arrived and I am still here to connect and cut in a real culling about the hemispheres of the whole tunings

MVIMAEDIVM Brasil

Tradução por Hydra Ophyucchi

Na Tradição Sinistra como defendida pela Ordem dos Nove Ângulos, a primeira parte de um treinamento aos Iniciados envolve a criação ou a obtenção de um baralho de Tarô. Na maioria dos casos, as cartas usadas são aquelas criadas por Christos Beest especificamente para a tarefa.
O iniciado senta-se diante de cada um dos Arcanos Maiores, um por noite. E medita sobre a imagem na carta. Ele se esforça para difundir-se na imagem, imaginando-se a explorar o conteúdo, falando com os personagens, seguindo um caminho e deixando a mente correr livre. Isso tem o efeito de fazer com que as projeções individuais se tornem conscientes para eles – sendo que o objetivo final é o reconhecimento de tais projeções, a fim de desvendar o que realmente está lá por debaixo dessa modelagem de formas.

Durante 21 noites consecutivas, o iniciado faz uma ‘viagem’ com cada carta…

Ver o post original 327 mais palavras